Um passeio pelo universo fantástico de V. E. Schwab

A escritora best-seller V. E. Schwab lançou seu primeiro livro, A bruxa de Near (2011), antes mesmo de se graduar em Belas Artes na Washington University in St. Louis. Uma década depois, já considerada um dos grandes nomes da literatura de fantasia e colecionando elogios de seus pares e da crítica, a norte-americana publica A vida invisível de Addie LaRue.

O novo livro, um calhamaço de 500 páginas, investiga o que uma pessoa é capaz de fazer para se sentir livre do peso da finitude. No caso da personagem que dá nome à obra, Addie LaRue, a aposta é alta: fazer um pacto para que tenha vida eterna, com a condição de ser esquecida por qualquer pessoa que a conhece ou venha a conhecer.

Na trama, que flerta com o Fausto de Goethe e começa na França de 1714, é em um piscar de olhos que a protagonista tem seu desejo realizado. Tão rápido quanto uma lufada, ou um simples virar de costas, o esquecimento recai sobre todos que um dia tiveram contato com Addie. Não é à toa, porém, que o conhecimento popular assimilou uma frase de grande sabedoria: cuidado com o que deseja. 

V. E. Schwab, autora de A vida invisível de Addie LaRue.

Informações de V. E. Schwab

  • Nasceu em 7 de julho de 1987
  • Sua mãe é britânica e o pai é de Beverly Hills, nos Estados Unidos
  • Estreou na literatura com o livro A bruxa de Near (2011)
  • Sua primeira obra foi lançada pela Hyperion, editora da Disney
  • Publicou duas séries literárias: Os vilões e Tons de magia
  • Seu livro mais recente é A vida invisível de Addie LaRue

A história de Addie

No começo de A vida invisível de Addie LaRue, tudo são flores. A personagem aproveita a suposta liberdade, sem precisar responder por suas atitudes como faria um mortal comum. Ela passa por diversos períodos históricos, conhecendo o que há de melhor — e pior — nas artes e na trajetória do mundo. Agora, será que o deslumbre persiste depois de 300 anos nesse ritmo?

No século 21, em uma livraria, a protagonista finalmente conseguiu resolver algumas questões consigo mesma — houve tempo de sobra, afinal. Se é que o tédio poderia vir a se instaurar em sua vida eterna, um encontro fatídico com um rapaz faz com que ela repense tudo que viveu até ali. “Eu me lembro de você”, anuncia o estranho.

De acordo com Neil Gaiman, um dos maiores expoentes da literatura fantástica, Schwab acertou em cheio com a nova personagem. “Para alguém fadada ao esquecimento, Addie LaRue se provou uma personagem deliciosamente inesquecível, e sua história é uma celebração da imortalidade”, comenta o autor de Coisas frágeis, Coraline e Deuses americanos, entre outros livros.

Série “Os vilões”

Antes da trilogia Tons de magia, Schwab fez sua incursão inicial pelas séries literárias com o romance Vilão, o primeiro da duologia Os vilões. O livro, lançado originalmente em 2013, arrancou elogios até mesmo de Eric Brown, do The Guardian, que considerou a obra brilhante. 

Em Vilão, a autora brinca com os limites da natureza humana ao narrar a história de arrogantes e solitários amigos. Victor e Eli, determinados a testar o que um homem é capaz de fazer quando modificado cientificamente, acabam se metendo em tremendas enrascadas. Como seria diferente, afinal, tratando-se de dois egos gigantescos em colisão?

A continuação da obra, Vingança, acompanha os desdobramentos do embate entre Victor e Eli. Se o segundo achou que o primeiro estava morto, novas informações o fazem repensar o que realmente aconteceu. Em meio a diversos seres extraordinários, perseguições, gangues e lutas, o sentimento que nomeia o livro toma conta dos personagens.

A estreia de Schwab

Schwab estreou na literatura quando era apenas uma graduanda de Belas Artes. E não foi um começo qualquer. Já de início, com A bruxa de Near, foi publicada pela Hyperion, editora criada pela Disney em 1991.

No livro, Lexi Harris cresceu ouvindo que não há nada de errado na cidade de Near. Que aquela velha conversa sobre bruxas não passa de história para assustar crianças. Quando um garoto desaparecido aparece em sua janela, no entanto, a coisa começa a ficar meio estranha.

A partir daí, crianças de Near somem sem deixar vestígios. O garoto tem alguma coisa a ver com isso? Ou ele pode ajudar Lexi a desvendar esse caso? A história para assustar crianças talvez não seja só isso. E talvez exista algum grande segredo bem guardado por trás disso tudo.  

Compre os livros na loja Bienal Rio

A vida invisível de Addie LaRue
V. E. Schwab
Trad.: Flavia de Lavor
Galera
504 págs.

Vilão
V. E. Schwab
Trad.: Flavia de Lavor
Galera
364 págs.

Vingança
V. E. Schwab
Trad.: Flavia de Lavor
Galera
532 págs.

A bruxa de Near
Victoria Schwab
Trad.: Marcelo Barbão
Planeta
240 págs.