Um passeio pelas jornadas épicas de Taylor Jenkins Reid

A escritora Taylor Jenkins Reid é mais um caso recente de sucesso editorial. Em atividade desde 2013, a norte-americana publicou sete livros, dos quais seis estão traduzidos no Brasil, e se destaca pela versatilidade. Suas histórias começam no drama, como no caso de Para sempre interrompido, passam pelas loucas festas de Malibu renasce e chegam à conturbada trajetória de uma banda de rock dos anos 1970, contada em Daisy Jones and The Six: uma história de amor e música.

Nesse curto período dedicado às letras, Taylor conquistou algo muito sonhado por jovens escritores: ter uma de suas obras adaptadas para as telas (grandes ou pequenas). Os episódios da minissérie Daisy Jones & The Six, da Amazon, baseados no trabalho homônimo da autora, estão sendo filmados e devem ir ao ar no começo de 2022, com a atriz Riley Keough no papel principal.

O livro, ambientado no período mais louco da música, acompanha a trajetória da sonhadora Daisy e sua banda, que dá nome à obra. Para conferir veracidade à história, recheada de sexo, drogas e rock’n’roll, Taylor constrói a narrativa como se fosse um apanhado de entrevistas.

A partir dessa visão privilegiada da jornada da rockstar, a autora oferece os detalhes mais belos e sórdidos de um grupo que se desfez misteriosamente em 12 de julho de 1979, durante uma turnê em Chicago. “Devorei o livro em um dia e me apaixonei por Daisy e pela banda”, escreve a atriz Reese Witherspoon, que selecionou o livro para seu clube de leitura, o Hello Sunshine.

Bastidores da gravação da minissérie Daisy Jones & The Six. Foto: Reprodução/Hello Sunshine

Conheça Taylor Jenkins Reid

  • Nasceu em Maryland, nos Estados Unidos, em 1983
  • Cresceu na cidade de Acton, em Massachusetts
  • Em 2010, teve seu primeiro livro rejeitado e ficou arrasada
  • Com o apoio de seu marido, Alex, largou o trabalho convencional para se dedicar à escrita
  • Estreou na literatura com o romance Para sempre interrompido, em 2013
  • Com os romances Malibu renasce, Daisy Jones & The Six e Os sete maridos de Evelyn Hugo alcançou o topo da lista de mais vendidos do The New York Times
  • Publicou sete livros; o mais recente é Malibu renasce
  • Uma de suas obras, Daisy Jones & The Six, está sendo adaptada para uma minissérie homônima da Amazon
  • O mesmo trabalho, a exemplo do que aconteceu com Sarah Haywood, foi selecionado pelo clube de leitura Hello Sunshine, da atriz Reese Witherspoon
  • Mantém um site oficial

Livro mais recente

A história mais recente de Taylor Jenkins Reid avança pouco mais de uma década no tempo, em comparação à trajetória frenética de Daisy Jones. Em Malibu renasce, ambientada em agosto de 1983, uma festa épica — e tradicional, promovida pelos quatro filhos do famoso Mick Riva — está prestes a acontecer.

A noite na Califórnia promete, e os sentimentos dos irmãos são os mais variados. Nina está pouco se lixando para fazer sala, pois está triste com um término recente de relacionamento. Hud, por outro lado, vai finalmente contar um segredo que está preso em sua garganta há tempos.

Jay também está ansioso, mas por uma razão mais agradável: a garota que não sai de sua cabeça estará presente na confraternização. E Kit aguarda alguns convidados especiais, tendo também algumas cartas na manga.

Em um clima de tensão, potencializado a partir do momento que o álcool começa a entrar e as verdades vão saindo, o evento que põe a cidade de Malibu abaixo a cada ano reserva muitas emoções. O nascer do sol, que marca o fim da festa, talvez não seja tão bonito desta vez.

A estreia

Para completar este passeio pelo trabalho de Taylor Jenkins Reid, a Bienal 360º dá uma amostra de seu livro de estreia, Para sempre interrompido. A obra, finalizada após a autora deixar seu emprego mais convencional para se dedicar às letras, parece ter um tom mais pesado do que as que vieram depois.

Na história, Elsie e Ben estão na casa dos 20 anos e são recém-casados. A paixão arrebatadora faz com que eles ajam sempre muito rápido, com a urgência da juventude — como se o encontro dos dois fosse equivalente ao brilho e à força de uma supernova, “uma explosão de energia extraordinária”, segundo metáfora utilizada pela autora.

Uma semana depois do casamento, no entanto, um acidente tira a vida de Ben. Com o futuro despedaçado, a mulher vai revisitar seu próprio passado e tentar se reposicionar no mundo sem o conforto do amor ao seu lado. Apesar do choque, é preciso tentar encontrar maneiras de seguir em frente. 

Compre os livros na loja Bienal Rio

Daisy Jones and The Six: uma história de amor e música
Taylor Jenkins Reid
Trad.: Alexandre Boide
Paralela
244 págs.

Malibu renasce
Taylor Jenkins Reid
Trad.: Alexandre Boide
Paralela
360 págs.

Para sempre interrompido
Taylor Jenkins Reid
Trad.: Alexandre Boide
Paralela
304 págs.