A importância da descoberta: 10 livros infantis sobre ciências

Curiosidade e fabulação sempre fizeram parte da infância. Nesse período de grandes descobertas, os livros infantis sobre ciências são fundamentais. Pensando nisso, a Bienal 360º ouviu especialistas para elaborar uma lista com dez obras que abordam temas variados — da astrofísica à paleontologia, de autores nacionais e internacionais —, com o cuidado, seriedade e leveza que o gênero exige.

De acordo com a professora carioca Nilma Lacerda, é vital que, para uma boa formação, as crianças tenham contato com esse tipo de obra. “E não só sobre as chamadas ciências duras, isto é, físicas e naturais, mas igualmente sobre as ciências humanas e sociais”, explica a docente da Universidade Federal Fluminense e especialista em literatura para crianças e jovens.

Tratando-se de um tipo de texto que cumpre importante função social, é natural que na hora de escolher um bom livro informativo sobre ciências para crianças, todo cuidado seja pouco. Para Margareth Silva de Mattos, doutora em Estudos de Linguagem e especialista em literatura infantojuvenil, as obras “auxiliam a criança a potencializar sua curiosidade, a compreender o mundo, organizar seu pensamento e desenvolver sua capacidade de reflexão crítica”.

“É preciso oferecer-lhes livros não só com informações dotadas de correção e rigor, veiculadas por meio de linguagem clara, precisa e objetiva, compreensível para os leitores iniciantes e em processo, mas também com ilustrações que cumpram diferentes funções para além da função de informar: divertir, encantar, surpreender, sensibilizar, emocionar”, orienta Margareth.

Ciência e fabulação

Nesse processo de aprendizado, a fabulação tem papel crucial — somente informações rígidas, afinal, não tendem a prender a atenção das crianças. “Não há ciência sem fabulação”, diz Nilma. “Veja a história das grandes invenções ou descobertas: a imaginação, ou capacidade de fabulação, está sempre na base.”

Margareth também concorda que ficção e conhecimento técnico podem ser grandes aliados na hora de transmitir informações. “Especialmente quando se trata de crianças, é recomendável que a informação seja tratada de forma lúdica, artística e/ou estética, a fim de que se torne mais palatável e sedutora, podendo se transformar mais facilmente em conhecimento, de fato, construído pelo leitor”, explica.

Essa maneira mais lúdica e clara de tratar informações complexas pode servir até mesmo aos adultos — o campo da astrofísica, por exemplo, não se torna necessariamente mais compreensível somente com o passar dos anos. “Os pais, inclusive, podem aprender, como eu aprendi, conceitos complexos, expostos de maneira clara”, sugere Nilma.

Sendo assim, seja você criança, adolescente ou adulto, leitor iniciante ou experiente, as dez indicações a seguir — oferecidas por Nilma e Margareth, cinco de cada — podem lhe servir de alguma maneira.

Dinos do Brasil
Luiz Eduardo Anelli
Ilustrações: Felipe Alves Elias
Peirópolis
80 págs.

A obra traz a história por trás do descobrimento das formas e tamanhos de 23 dinossauros brasileiros. Para concluir essa empreitada, os autores voltam 200 milhões de anos na história do planeta — quando os continentes ainda nem eram todos formados.

George e o segredo do Universo
Lucy e Stephen Hawking
Trad.: Laura Alves
Ilustrações: Garry Parsons
Ediouro
340 págs.

Os rígidos pais de George, que não deixavam o menino ter acesso à tecnologia, jamais poderiam imaginar que ele acabaria, ao lado da amiga Annie, fazendo uma viagem de aventura e aprendizado no espaço. Na obra, revolucionários conceitos de astrofísica são apresentados com simplicidade.

As cientistas: 50 mulheres que mudaram o mundo
Rachel Ignotofsky
Trad.: Sonia Augusto
Design: Tatiana Pavlova e Angelina Cheney
Blucher
128 págs.

Cinquenta mulheres que tiveram importância crucial para o desenvolvimento da civilização têm suas histórias contadas. A primatologista Jane Goodall, a química Marie Curie e a física e matemática Katherine Johnson, responsável por cálculos que levaram a Apolo 11 à Lua, são algumas das biografadas.

Histórias de ninar para garotas rebeldes
Elena Favilli e Francesca Cavallo
Trad.: Carla Bitelli, Flávia Yacubian & Zé Oliboni
V&R
220 págs.

Cem mulheres extraordinárias povoam as páginas deste livro ilustrado por 60 artistas diferentes. Em um tom que lembra o conto de fadas, as autoras passam por nomes como os da física e química Marie Curie e da matemática Ada Lovelace.

Pequeno manual de peixes marinhos e outras maravilhas aquáticas
Beatriz Chachamovits
Ilustrações: Beatriz Chachamovits
Companhia das Letrinhas
40 págs.

Uma amostra das profundezas do oceano é trazida à tona neste livro. Com uma proposta interativa, na qual o leitor é convidado a desenhar seu próprio peixe e buscar erros em determinadas situações, a autora apresenta 14 diferentes espécies, com textos acompanhados por detalhadas ilustrações.

O enigma do infinito
Jacques Fux
Ilustrações: Raquel Matsushita
Positivo
64 págs.

Para crianças de todas as idades, o livro busca unir matemática e literatura — a exatidão de uma com a poeticidade da outra, em uma narrativa que se apoia na história da Torre de Babel para ganhar corpo, com suas múltiplas línguas e cálculos que teriam erguido a estrutura arquitetônica.

A história da Terra 100 palavras
Gilles Eduar e Maria Guimarães
Ilustrações: Gilles Eduar
Companhia das Letrinhas
64 págs.

A Terra percorreu um longo caminho para chegar à forma que conhecemos. Para tentar explicitar essa jornada do nosso planeta, os autores utilizam verbetes e ilustrações minuciosas para cada situação, oferecendo aos pequenos um vislumbre da evolução da nossa grande morada.

O nascimento do universo
Judith Nuria Maida
Ilustrações: Fernando Vilela
Ática
40 págs.

Simplicidade e lirismo se juntam nas páginas deste livro que busca explicar o big bang, a expansão inicial de uma massa concentrada que teria dado origem a todo o Universo. Nessa longa jornada, as crianças podem tentar saciar um pouco a curiosidade a respeito de uma questão essencial: “De onde viemos?”.

Tempos de vida
Bryan Mellonie e Robert Ingpen
Trad.: José Paulo Paes
Ilustrações: Robert Ingpen
Global

“Uma bela maneira de explicar a vida e a morte às crianças” é a frase estampada na capa do livro. Para abordar um tema tão delicado, o ciclo natural de todas as formas de vida — do nascimento à morte —, os autores utilizam um tom leve e simples.

O poço do Visconde
Monteiro Lobato
Ilustrações: Osnei e Hector Gomez
Globo Livros
207 págs.

Com este livro publicado em 1937, Lobato levou importantes informações sobre geologia — ciência que estuda os minerais — às crianças. A narrativa faz parte de uma campanha pelo petróleo que o autor vinha difundindo à época, da qual também faz parte o livro adulto O escândalo do petróleo.