MINISTÉRIO DA CULTURA, PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA APRESENTAM

VENHA VIVER
MUITAS HISTÓRIAS.

releases

Download do Release (PDF)

Na Bienal, Café Literário abriga debate sobre as manifestações populares no Brasil

 
Na Bienal, Café Literário abriga debate sobre as manifestações populares no Brasil
 
Com o espaço lotado, Frei Betto e Marcos Nobre compartilharam sua visão sobre os movimentos que tomaram as ruas do país
 
Na Bienal do Livro Rio, as recentes manifestações populares foram o mote para o debate com o escritor Frei Betto – autor de "Batismo de Sangue" – e o filósofo Marcos Nobre – autor de "Participação e Deliberação". Dentro da programação do Café Literário, a mesa “Bem estar e mal estar no Brasil pós-manifestações” discutiu as motivações para os movimentos que eclodiram a partir de junho no país.
 
Para Marcos Nobre, “as pessoas não estavam ali pelas mesmas razões. Tinham reivindicações e posições politicas diferentes. No entanto, todas tinham algo em comum: a insatisfação com o sistema”. Segundo Frei Betto, todos foram surpreendidos com o povo nas ruas. “Pensávamos que estavam todos narcotizados, que os jovens estavam mais interessados na balada do que na política, mas o caldo entornou e as pessoas foram fazer democracia dieta nas ruas”, disse.
Sobre os atos de vandalismo e grupos como os Black Blocs, Nobre diz que é preciso entender as reações ocorridas nas primeiras manifestações. “A polícia foi uma das instituições que ainda não se democratizou o suficiente, ainda está muito militarizada. Onde a repressão policial foi muito forte, a manifestação cresceu. A gente só pode entender a ação desses grupos, se entendermos a ação estatal violenta”, defendeu. “Tomara que esse potencial não se perca e que essa geração seja capaz de exigir um Brasil melhor”, completou Frei Betto.
 
Também no Café Literário, Eduardo Nascimento, Ricardo Lísias e Veronica Stigger discutiram as mais diversas formas de linguagem. Os três autores se firmam atualmente como grandes mestres da experimentação literária. Eduardo Nascimento falou um pouco do seu trabalho, em que mescla filosofia e literatura. “Na minha obra, a filosofia é mais um elemento do qual me utilizo para potencializar a reflexão e o prazer do leitor”, diz.
 
Durante o debate, Lísias abordou sua paixão pelo xadrez e explicou como isso ressalta uma das características mais marcantes do seu texto, que é o zelo estilístico. “Acho que realmente enxergo a linguagem como um jogo. Na literatura, assim como no xadrez, também existem riscos, e é essa visão sistemática que me ajuda na hora de tomar certas decisões acerca do texto.”
 
A relação entre as artes plásticas e a literatura é uma característica muito evidente na obra de Veronica Stigger. A autora utiliza elementos da criação artística e adapta técnicas como apropriação e colagem ao seu fazer literário. "Minha experiência como professora de História da Arte acaba contaminando minha obra, principalmente no que se refere à estética dos textos", confessa.
 
As mulheres de Rubem e Vinicius
 
No Mulher e Ponto, o poeta e roteirista Geraldo Carneiro e o jornalista Álvaro Costa e Silva se reuniram para abordar a idealização das mulheres nas obras de Rubem Braga e Vinícius de Moraes, que completariam 100 anos em 2013. A figura feminina na obra de Vinícius foi conteúdo de suas mais famosas músicas e característica marcante em sua vida pessoal – oficialmente, o autor foi casado nove vezes. Durante o debate, muito se discutiu sobre a como a figura das mulheres era retratada de forma idílica, além da exaltação da beleza e ternura.
 
Já Rubem Braga, em livros como “O verão das mulheres”, escreveu crônicas que tratam, em parte, dos seus primeiros amores. Em suas obras, a sensualidade e a figura aventureira e delicada da mulher mostra a grande admiração que o autor devotava às mulheres.
 
Os patrocinadores
O evento tem como patrocinadores másters a CCR, o Grupo Bradesco Seguros e a Petrobras, contando com o apoio cultural do BNDES. A Light patrocina a visitação escolar; a Supergasbras, o Placar Literário; a Secretaria Municipal de Cultura, o #acampamento na bienal; a Submarino, o e-commerce; o Iba, o Café Literário; e os Correios patrocinam a operação logística. A Rede D’OR é responsável pelo serviço médico do evento.
A Bienal também conta com a realização do Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura e com o patrocínio do Governo do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Estado de Cultura, pela Lei estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.
 
Os organizadores
Com escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Bahia, a Fagga l GL events exhibitions é uma das maiores empresas em promoção e organização de feiras do país, responsável pela realização de mais de 20 eventos anuais. Subsidiária do grupo GL events Brasil, operação brasileira de um dos maiores grupos do setor de eventos do mundo - a francesa GL events -, a Fagga soma mais de meio século de experiência.
 
O SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) é uma sociedade civil que tem como objetivo o estudo e a coordenação das atividades editoriais no Brasil, assim como a representação legal da categoria de editores de livros e publicações culturais. Sua missão é dar suporte à classe nas áreas de direitos autorais, biblioteconomia, trabalhista, contábil e fiscal. A atual presidente do SNEL é Sonia Jardim, que também é vice-presidente de operações do Grupo Editorial Record.
 
Mais informações para a imprensa:
Adriane Constante – adriane.constante@approach.com.br
João Veiga – joao.veiga@approach.com.br
Cláudia Montenegro – claudia.montenegro@approach.com.br
Tel.: (21) 3461-4616 – ramal 123 – www.approach.com.br

Use as tags #EUAMOLER e #BIENALRIO e compartilhe seu amor pela leitura.

patrocinador
patrocinador entreletras
patrocinador
café literário e papel oficial

patrocinador
segurança oficial

patrocinador e-commerce
apoio cultural
apoio
transporte oficial
REALIZAÇÃO
AGENTS & BUSINESS CENTER
realização
INFORMAÇÕES, DÚVIDAS E SAC:
+55 21 2441-9348
Atendimento: 13h às 19h
contato@bienaldolivro.com.br
ASSESSORIA DE IMPRENSA:
Approach Comunicação Integrada
21 3461-4616 - Ramal 133
Adriane Constante
bienal@approach.com.br
endereço
Rua Salvador Allende 6.555
Barra da Tijuca · RJ
22783-127 · Brasil